sábado, 24 de março de 2018

1ª Coletânea - Aconteceu e foi assim


Depois de alguns anos, de imensos poemas, alguns pequenos textos e um blogue que vocês tão bem conhecem, avancei agora para uma coletânea.
Há coisas na vida que surgem por acaso, e neste caso foi o que aconteceu. Lia o e-mail, quando me deparei com uma mensagem da Pastelaria Estúdios Editora, que já conheço de há alguns anos a esta parte, com um convite para participar numa coletânea que sairá daqui a algum tempo. Do convite que aceitei, fizeram-se dois, e de uma coletânea , fizeram-se duas. Como assim? Muito Simples! Aceitei o convite, e logo depois surgiu a oportunidade de ainda participar numa anterior coletânea poética que estava a ser editada, e eu, muito simplesmente não resisti e, aceitei, também.
A coletânea de que vos escrevo agora chama-se: POESIA ESCONDIDA
Onde se esconde o meu poema?
Muito em breve dois poemas da minha autoria estarão a par dos poemas de mais cinquenta e um autores que também participaram nesta coletânea que muito em breve chega até vós através das livrarias e outros canais de distribuição.
Se tenho orgulho nisto? Sim! Claro!




Não! Não se vão já embora!
Porque aqui no Outro Lado da Jo gosto de surpreender os leitores, seguidores e amigos/as,  vou fazer chegar até voz exemplares. Fiquem atentos/as, que não tarda e conto-vos tudo!
Vem aí uma coletânea que, prometo-vos, ser memorável, e eu espero que gostem de a obter ou receber e ler, assim como eu adorei participar!

Vejam aqui na Pastelaria Estúdios Editora 
Até já, Amigos/as!

Cada coisa a seu tempo;
Como o tempo certo de uma melodia que se ouve,
como o verso certo de um poema que se sente…


Sem comentários:

Publicar um comentário

Ao meu lado existe o vosso lado, e aqui é o vosso espaço. Desejo imenso ler-vos !